fbpx
O-que-voce-pode-automatizar-na-sua-casa

O que você pode automatizar na sua casa?

Sabe o que é uma casa automatizada? Já em 1962, um desenho animado trouxe uma ideia de futuro que até aquela época parecia muito distante. Na casa inteligente da família Jetson, tudo podia ser automatizado.

Veja nesse post o quanto já estamos mergulhados nesse futuro e como você pode automatizar sua casa

O que podemos fazer com um projeto de casa automatizada?

Os Jetsons viviam em 2062 e tinham aulas online, chamadas de vídeo, trabalho home office, telemedicina, relógios inteligentes, esteiras rolantes, assistentes pessoais, carros voadores, robôs domésticos, etc. Como se percebe, muito do que foi um vislumbre futurista hoje já existe de forma bastante comum.

O que muitos ainda não têm no momento é uma casa automatizada no mesmo estilo dos Jetsons. Mas é possível dizer que, 40 anos antes da previsão do desenho animado, já estamos caminhando para tornar isso realidade.

O número de casas automatizadas no Brasil tende a crescer se o país acompanhar o desenvolvimento dos EUA. Segundo a pesquisa Statista, os dispositivos IoT (Internet das Coisas) para casas inteligentes vão entrar em 53,9% das residências norte-americanas até 2023.

Porém, um estudo da IDC (International Data Corporation) mostra que o segmento de IoT, somando todas as suas subverticais, já tem potencial para ultrapassar a marca de US$ 1 trilhão em investimentos no mundo até 2022 e que no Brasil a estimativa é crescer 20% a cada ano do mesmo período.

É uma inovação promissora e atrativa para os consumidores. Atualmente, quando a pergunta é: “O que é possível automatizar na casa?”, a resposta é muito animadora: tudo o que tiver conectividade elétrica. 

Com o princípio do IoT, automatizar uma casa é mais fácil do que se imagina. Certamente, uma casa automatizada ou inteligente como a da senhora Jetson já está mais próxima do nosso alcance. 

Tudo bem que ainda não temos a robô-doméstica Rosie, mas já existem condições de otimizar o tempo e a vida dos donos de uma residência, trazendo mais comodidade, segurança e conforto com sistemas automatizados para casas.

Em um projeto de automação residencial,  a conexão dos aparelhos é realizada com uma central controladora que pode ser acessada via internet por meio de dispositivos como smartphones, tablets ou computadores. Com isso, é possível acionar as funcionalidades dos aparelhos conectados até mesmo à distância.

Quais aparelhos podem ser automatizados?

  • TV e sistemas de áudio e vídeo: esses aparelhos podem ser programados para ligar, desligar, mudar de canal ou exibir um determinado programa no momento determinado pelo morador;
  • Ar-condicionado: pode ser programado para ligar na temperatura desejada pelo morador e ter mais eficiência energética;
  • Cortinas elétricas: o morador pode abrir ou fechar em momentos pré-determinados, para aproveitar ao máximo a luz natural;
  • Fechaduras: é possível automatizar portas e portões para que abram e fechem automaticamente ou mesmo saber se foram acionados, por meio do recebimento de notificações;
  • Eletrodomésticos: muitos eletrônicos já oferecem conectividade que permite ao usuário o gerenciamento, controle e automatização de funções. Por exemplo, é possível programar o acionamento de um aspirador inteligente para limpeza da casa; 
  • Iluminação de qualquer parte da casa: é possível tanto ligar como desligar ou até mesmo controlar intensidade da luz de acordo com o momento, deixando mais relaxante ou mais intensa.

Automação de casas só tem vantagens

As casas automatizadas trazem inúmeros benefícios para públicos diversos, sejam os jovens mais antenados com tecnologia ou públicos que precisam de mais conforto e comodidade, como idosos ou pessoas com deficiência.

Com produtos para automatizar casas, podemos ter mais liberdade e controlar todas essas funcionalidades de qualquer lugar onde estivermos, basta acionar os comandos por meios de dispositivos móveis.

Segurança quando você estiver fora

Essa inovação garante mais tranquilidade para uma pessoa quando precisar viajar e deixar a casa só. Com os aparelhos conectados, o morador pode acionar suas luzes, abrir ou fechar cortinas, ligar a TV ou sistemas de áudio que vão passar a ideia de uma residência com movimentação de pessoas em seu interior.

Ganhe tempo automatizando as pequenas rotinas

A tecnologia também pode proporcionar ganho de tempo na rotina. Quem não gostaria do conforto de acordar com uma abertura automática de cortinas ou persianas de manhã, ou mesmo ir para o quarto na hora de dormir e programar para que as luzes reduzam automaticamente até apagarem, sem que precise levantar para desligar os interruptores? 

Imagine a sensação de chegar em casa e encontrá-la na temperatura exata que programou, seja mais refrescante ou mais quentinha?

Mobilidade para quem mais precisa

Por exemplo, um idoso que precise ir ao banheiro à noite pode acender as luzes de forma automática pelo celular, para não correr riscos de tropeços ou quedas.

De qualquer jeito, automatizar sua casa pode trazer ganhos significativos de qualidade de vida.

Como automatizar a casa com a Houseasy?

Se agora você está pensando em facilitar a sua vida e trazer mais comodidade a Houseasy pode te ajudar. Com o nosso Kit Boas-vindas automatizar sua casa já é possível.

O que vem no Kit Boas-vindas Houseasy:

  • Central: é a central que controla todos os dispositivos;
  • Infrared: controla aparelhos por meio de Infravermelho, como TV, ar-condicionado e persianas elétricas;
  • Switch: instalado diretamente no interruptor, com ele é possível controlar qualquer tipo de lâmpada, mesmo que não sejam smart;

Com esses aparelhos é possível conectar os cômodos que você quiser, sempre com o objetivo de facilitar as ações do cotidiano. Afinal, tecnologia serve para mudar e melhorar a vida das pessoas.

Cadastre-se para receber o seu Kit Houseasy gratuitamente, sem nenhum custo adicional.

infografico entenda como vai funcionar o seu kit houseasy

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Leia Também

Veja também